Notícias

Vestibular não é um bicho de sete cabeças

Nossos ex-alunos contam suas experiências com o processo de seleção para ingresso na universidade

O vestibular é uma preocupação que atinge os estudantes que estão concluindo o Ensino Médio. A prova exige meses de preparação com a revisão de conteúdos repassados ao longo dos anos, leituras, maior concentração durante as aulas e, também, o apoio de cursinhos. Por tudo isso, dicas de quem já passou pelo processo podem contribuir neste momento, mostrando aos outros jovens que há formas de se organizar para a prova sem receios. Foi com esse objetivo que procuramos nesta quarta-feira (15/03) proporcionar uma conversa entre ex-alunos e estudantes do 3° ano. Apresentar aos estudantes experiências mais próximas à sua realidade, contadas por quem tem um vocabulário semelhante aos dos jovens, é um dos segredos, conforme a coordenadora de Ensino Médio, Magaly Barbieri.

– Cada um conta a sua história de uma maneira ímpar e dá o seu conselho. Isso é muito importante, pois aqui no Província trabalhamos com a autenticidade e a individualidade. Não existe uma fórmula certa, mas a forma que cada um acha para estudar e atingir seu objetivo – comenta.

Oito jovens compartilharam as suas experiências com as provas, relatando aspectos positivos e negativos. Aprovada em Medicina na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Eduarda Nunes Merello afirma que o conhecimento adquirido no Colégio Província foi importante para lhe embasar na realização do vestibular.

– É muito bom vir aqui contar a minha experiência, pois às vezes, quando estamos no colégio, não temos dimensão do que é o mundo lá fora. Estudei a minha vida inteira aqui e poder retribuir esta base que recebi e que foi importante para alcançar meu objetivo é muito bom – destacou Eduarda.

Outro egresso do Colégio, Renato Ferraz de Almeida, que está frequentando o curso pré-vestibular, apresentou dicas aos ex-colegas. Ele acredita que é fantástico dar suporte para quem vai passar por esta experiência.

Com o sonho de se tornar bailarina, a estudante do 3° ano, Pietra Sehn Assmus, pretende prestar vestibular para Dança na UFRGS.

– Todas as palestras foram bem diferentes. Com algumas eu me identifiquei, enquanto outras me deixaram preocupada. Mas é muito bom ouvir os relatos, pois vão ajudar bastante na preparação – contou a jovem.

A colega Julia Reinheimer Daiello também pretende estudar na UFRGS, porém o curso escolhido é Engenharia Ambiental. De acordo com ela, palestras como esta auxiliam com dicas de estudo e de preparo emocional.

Ao longo do ano, o Colégio Província realiza uma série de palestras para os alunos concluintes do Ensino Médio. De acordo com Magaly, o próximo encontro será com ex-alunos que já estão no mercado de trabalho, fornecendo dicas para conseguir estágio e falando sobre a sua trajetória profissional. A programação conta, ainda, com temas como o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), médias da UFRGS, profissões e, também, a coordenação trabalha com sugestões dadas pelos alunos.

Além disso, o Colégio Província oferece aos estudantes um cursinho preparatório durante a semana, no período noturno, com aulas de segunda a quinta-feira.